Novos consumidores II

A cada dia me surpreendo com a pouca familiaridade que alguns de meus conhecidos têm com o consumo do vinho. Ou será que estou colocando neles uma expectativa que só eu tenho?

Uma amiga dentista, um dia me diz: gosto muito de vinho. Neste fim de ano, experimentei um Lambrusco.(?) Como ele é gostoso, não? A seguir, ela diz: mas não posso beber sempre porque acostuma…

Outro jovem só compra vinho quando o supermercado coloca-o na promoção. Sem importar-se se a colheita para um branco já não é aconselhável consumir… E quase sempre consome o mesmo vinho, a mesma marca. Em compensação, comprou as taças adequadas e esfria a bebida antes de servir. Já é uma boa perspectiva…

Certa vez, numa festa onde se comemoravam cinquenta anos de uma amiga, fui levado pelo braço para experimentar “um prosecco”, quando, na verdade, estavam servido lambrusco branco…

Uvas não conhecidas, então, nem pensar. Uma vez, servi o marselan (casta híbrida resultado da associação da grenache e a cabernet sauvignon, na região de Corbières) e o convidado ficou desconfiado. Só sossegou quando viu que a origem era francesa.

Anúncios

2 Respostas para “Novos consumidores II

  1. Bom post. Aprecio vinhos e leio bastante, mas tenho amigos cervejeiros que acham que vinho é tudo vinho e insistem em me presentear com um “Marcos James”…enfim… preço não é sinônimo de qualidade, mas o presente poderia ser pelo menos um concha y toro reserva kkkk.

    Outro dia um amigo disse que tomou um Nero D avola mas que não sabia a uva…. hein!

    Tatiana

  2. Este novo consumidor de vinhos que começa a despontar cresceu ouvindo somente sobre Cabernet Sauvignon e Malbec. A frase tipica usada pelos mesmos; (Ao Escolher um vinho não tem como errar sendo um malbec argentino e ou um C. S. chileno.)
    Além do mais, grande maioria dos consumidores de super mercado são leigos no mundo de baco, pois no pais tupiniquim em que vivemos o ato de se beber vinho é sinonimo de status e de glamour ainda mais se for um reservado.
    Graças ao bom senso uma minoria sabe diferenciar um vinho de uma coisa que chamam de vinho, se é possível cham -lo assim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s