O solo…

A maioria dos viticultores acreditam que um fator muito importante do solo é a estrutura, em especial, a capacidade de drenar água. Assegurando que as videiras firmem suas raízes profundamente na terra, até encontrarem uma fonte estável de água e nutrientes . A capacidade do solo em drenar água é muito mais importante do que a sua fertilidade. A maioria dos melhores vinhedos do mundo não estão localizados em terras férteis e muitos estão plantados em lugares tão áridos onde nada mais cresceria. Há inúmeros tipos de solo, segundo o tamanho das suas partículas. Mas, as partículas menores, como os sedimentos, são importantes para uma boa drenagem pois formam barro e argila que conservam água suficiente para sustentar o crescimento da parreira.

Por mais onipotentes que pareçam, o clima e o solo não podem ser considerados isolados da variedade da uva plantada. Um grande vinho só pode acontecer quando a variedade de uva está em sintonia, como num dial do rádio, com o “canal “ do meio ambiente.

Fonte: A Biblia do Vinho. Karen MacNeil.

Foto: Varúa de Finca La Anita Merlot 2007, escolhido o melhor Merlot pela Guia Descorchados, edição 2011. Envelhecimento 15 meses em barricas de 225 litros de carvalho francês novo. Alto Agrelo, Luján de Cuyo, Mendoza. Um claro exemplo da adaptação desta variedade no solo desta micro-região, na Argentina. R$ 378,00

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s